JCDecaux lança estudo sobre inteligência geográfica e mapeia o comportamento das gerações em 9 capitais

JCDecaux lança estudo sobre inteligência geográfica e mapeia o comportamento das gerações em 9 capitais




Brasília, 24 agosto de 2017A JCDecaux SA (Euronext Paris : DEC), líder mundial em comunicação exterior, apresentou hoje um estudo pioneiro sobre o comportamento das gerações sob uma ótica geográfica, buscando identificar similaridades e particularidades no comportamento de três gerações de acordo com a região onde vivem e circulam.

Realizado a partir do EGM – Ipsos Connect, o estudo contou com a colaboração de Karla Patriota, pós-doutora pela Universidade de Cambridge (UK) e analisou o comportamento de Boomers, Geração X e Millenials de um modo inovador. Indo além das particularidades de cada geração, o estudo identifica as diferenças no comportamento de pessoas de uma mesma geração de acordo com sua distribuição geográfica, considerando tendências fundamentais na vida cotidiana dos grandes centros urbanos.

O estudo apresentou o conceito dos nômades urbanos, pessoas que se movimentam com grande fluidez pelas cidades, quebrando antigas barreiras de classe social mas enfrentando novas barreiras impostas pelo trânsito; rompendo com antigos dogmas sobre regiões e bairros de 9 cidades no Brasil e permitindo uma análise detalhada de cada cidade, além de comparações entre elas.

Ana Célia Biondi Rodriguez, diretora-geral da JCDecaux do Brasil, afirma:

“Aplicando esta inteligência geográfica inédita no Brasil, o estudo analisa o consumidor de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Salvador, Curitiba e Porto Alegre sob uma nova ótica, que permite a descoberta de verdadeiras cidades dentro de uma cidade. Conhecer estas características permitirá que agências e anunciantes desenvolvam campanhas muito mais focadas e efetivas, conversando de uma maneira muito próxima com seu público.”

Prof. Dra. Karla Patriota, consultora Ipsos e responsável pelo estudo no Brasil, declara:

“O estudo cartográfico das gerações, em 9 importantes mercados brasileiros, revela, por meio da linguagem universal dos mapas, muito mais do que a localização dos nossos targets. Ele incorpora a natureza geográfica aos modelos quantitativos e qualitativos de inferência e revela diversas variáveis sócio-econômico-demográficas e comportamentais de três gerações: descortina relevos, características, formas e os interesses de consumo das pessoas”.