Quando Jean-Claude Decaux inventou o abrigo de ônibus publicitário em 1964, ele viu uma oportunidade de melhorar o ambiente urbano. Como os abrigos de ônibus exigiam cuidados e investimento, ele propôs a troca de manutenção por espaço publicitário. Desde então, o novo modelo de negócios se espalhou pelo mundo em mais de 60 países.

Com o crescimento da empresa para o topo da lista no mundo, o objetivo social da JCDecaux se estendeu a não só melhorar as paisagens da cidade, mas também a vida das pessoas. Atualmente, essa meta está sendo implementada em quatro das principais áreas da empresa, transformando o OOH em uma força para o bem.
 
O primeiro abrigo de ônibus com anúncio. Lyon, França, 1964


PUBLICIDADE AMBIENTALMENTE CONSCIENTe


Práticas ecológicas fazem parte de todos os processos e operações da JCDecaux. A empresa é a primeira proprietária de mídia a fazer parte do RE100, uma iniciativa global que reúne os negócios mais influentes do mundo que são 100% comprometidos com energia renovável. A meta será atingida até 2022. Atualmente, a empresa já alcançou a marca de 69%.

Com reconhecimento internacional, tudo é realizado com a mais recente tecnologia ecológica, desde o gerenciamento de resíduos até a reciclagem e redução do consumo de energia.
 
Abrigos de ônibus com energia solar. Nice, França


SERVIÇOS EM EVOLUÇÃO NAS CIDADES EM EVOLUÇÃO

 

Desde entrada USB e carregadores de celulares sem fio em pontos de ônibus a mobiliários de rua com desfibriladores, Wi-Fi e serviço telefônico gratuitos, os painéis de publicidade evoluíram muito.

A tecnologia digital e a Internet mudaram a rotina dos ambientes urbanos e agora estão sendo incorporados mais diretamente à vida cotidiana das cidades. "Os cidadãos conectados" esperam que os serviços públicos integrem a conectividade para melhorar sua qualidade de vida, fornecendo pontos de acesso Wi-Fi, conteúdo ao vivo e informações de utilidade pública exibidas em mobiliários de rua.

A sinergia entre celular e OOH torna a mídia out-of-home muito atrativa para os anunciantes, o que facilita o interesse por esses serviços para os benefícios da comunidade urbana.
 

Abrigo de ônibus inteligente. Cidade do Panamá, Panamá


Aproveitando a ascensão do setor colaborativo, a JCDecaux iniciou o Cyclocity - o primeiro serviço de compartilhamento de bicicletas urbanas criado em 2003, com mais de 31.000 bicicletas disponíveis em 57 cidades. Fácil de usar e barato, o serviço é uma alternativa ao uso de carros ou transporte público para cidadãos urbanos.
 

Cyclocity, Tokyo, Japan


MENSAGEM AMPLIFICADA PARA A SOCIEDADE

 

Quando se trata de questões universais, a presença global da JCDecaux facilita o apoio a projetos beneficentes.

De setembro a outubro de 2019, a campanha Theirworld da ONU chamou a atenção da população para a crise da educação. Telas digitais da JCDecaux, em cinco países-chave da Europa, mostraram estatísticas preocupantes sobre a crise global da educação.

A mídia OOH transmitiu a mensagem para um público diversificado, dando voz aos mais desfavorecidos e impactando a rotina diária dos moradores quando eles menos esperavam. Mais de 11 milhões de ações foram registradas durante a campanha multicanal, com a combinação positiva de OOH e outros canais de mídia.
 

Campanha Theirworld das Nações Unidas. Estocolmo, Suécia


OOH: TORNANDO ARTE ACESSÍVEL PARA TODOS
 

Quando o assunto é arte, a cidade é o ambiente perfeito para capturar a atenção dos cidadãos em seu dia a dia. Enquanto exposições privadas estão restritas para aqueles que têm acesso e interesse, esses eventos públicos transformam o OOH em uma galeria de arte acessível a todos.

A recente parceria da JCDecaux com o Public Art Fund nos EUA levou às ruas uma exposição da artista Ella Perez. Sua fotografia, ilustrando identidade e representação, foi exibida em 100 abrigos de ônibus em toda a cidade de Nova York e celebra a comunidade latino-americana no Bronx.

Quando estamos em um ponto de ônibus, temos a oportunidade de observar, dar um tempo na correria diária e processar nosso ambiente. Katerina StathopoulouCuradora de Exposições
 


Ao usar o próprio espaço onde a arte foi criada, a exposição tem o poder de provocar, permitindo que a cidade reflita enquanto une os moradores em uma apreciação compartilhada da diversidade.
 

De sol ao sol, Elle Perez. Nova York


O design da mídia OOH não deve ser esquecido. Os ativos de mobiliário urbano não são apenas parte integrante de nossas comodidades urbanas, mas podem se tornar estruturas icônicas da cidade, como as Colunas Morris em Paris.

O Kensington, por exemplo, ilustra a capacidade da JCDecaux em transformar outdoors em esculturas artísticas, melhorar o ambiente e oferecer oportunidades únicas para os anunciantes alcançarem consumidores em pontos icônicos do mundo todo.

Projetado pela Zaha Hadid Design, a fusão bem-sucedida de arte e tecnologia digital do Kensington foi reconhecida com o prêmio de 'Melhor Outdoor Digital Original' no Daily DOOH Gala 2018.
 

Essa foi uma colaboração única com a JCDecaux para desenvolver novas possibilidades para plataformas de mídia e reimaginar o outdoor como arte pública Melodie LeungSenior Associate na Zaha Hadid Design
 

 

O Kensington na Cromwell Road. Londres, Inglaterra


O benefício da mídia OOH vai além dos anunciantes e parceiros, respondendo a um interesse público maior, melhorando as cidades de maneira sustentável por meio de soluções inteligentes e ecológicas.

Tudo isso ao mesmo tempo em que fornece mensagens educativas e instigantes, exibidas em uma mídia única, com alcance incomparável.

 

Quer saber mais?